Morador denuncia aglomerações semanais no Cidade Alta

Desde quando as medidas de restrição de aglomeração foram impostas em Bento Gonçalves, a prefeitura e os órgãos de segurança têm intensificado as fiscalizações no município. Entretanto, muitos moradores continuam evidenciando uma série de situações que contrariam as recomendações para evitar o contágio pelo novo Coronavírus. Exemplo disso é a denúncia de que dezenas de pessoas têm se reunido todas as quintas-feiras em uma propriedade particular localizada na rua Olavo Bilac, bairro Cidade Alta.

De acordo com um morador, a Guarda Civil Municipal (GCM) e a própria prefeitura já foi contatada, mas as reuniões continuam acontecendo todas as quintas e, às vezes, aos sábados.  “Quando liguei para a guarda municipal para fazer a denúncia de aglomeração, eram pelo menos 10 veículos no local, a resposta que obtive foi: ‘como é propriedade particular, a gente não pode fazer nada”, relata. “E assim segue… o comércio fechado porque ‘aglomera’, mas festinha com os amigos em casa pode”, contesta. 


 

De acordo com a Brigada Militar, que também é responsável pelo atendimento desse tipo de ocorrência, os órgãos de fiscalização estão, sim, agindo nesse tipo de situação. “Primeiro orientamos as partes envolvidas. Caso a orientação não seja seguida, é feita uma notificação. Ainda não se chegou ao extremo do pessoal ter que prender ou fazer alguma ocorrência por desobediência”, afirma o subcomandante do 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT), major Luis Fernando Becker. 

As denúncias de aglomerações ou de descumprimentos das medidas de prevenção ao novo Coronavírus podem ser feitas diretamente no 190, ou no 153.

Foto: Arquivo pessoal
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.