Morador do RS mata filho de 10 anos e comete suicídio em SP

Um homem identificado como Jonathan João Pelepenko, de 40 anos, matou o filho de 10 anos e depois cometeu suicídio no último domingo, 08/05. O caso aconteceu na manhã do Dia das Mães em um hotel na região do Tucuruvi, na Zona Norte de São Paulo, onde ele estava hospedado.

Jonathan João Pelepenko tinha guarda compartilhada com a mãe da criança após decisão judicial do último dia 04/05.

Segundo a polícia, o autor do crime era morador de Marau-RS e estava separado da mãe do menino Johan Nijou Pelepenko, de 10 anos. De acordo com a advogada da mãe de Johan, no último dia 4, Jonathan teve o pedido para ficar um ano com a criança negado pela Justiça durante uma audiência virtual.

Na audiência, porém, o juiz do caso determinou a guarda compartilhada da criança e estabeleceu períodos de visita do pai. A advogada disse ainda que o pai nunca teve comportamento violento que justificasse o crime brutal. O menino costumava, inclusive, passar férias com o pai em Marau durante o período de recesso escolar.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como homicídio e suicídio no 73º DP (Jaçanã) e encaminhado para investigação do 39º DP, na Vila Gustavo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.