Moradora da Serra faz campanha para ajudar gatinha com câncer

Malibu foi abandonada em uma clínica de Bento em 2020 e adotada pela moradora de Barbosa Lara Gabriely Silva Ribeiro, que já gastou cerca de R$ 8 mil com o seu tratamento

A linda e querida gatinha Malibu precisa de ajuda. O animal foi diagnosticado com câncer no ano passado e, desde então, vem passando por uma série de procedimentos, incluindo sessões de quimioterapia, os quais têm gerado um custo alto para sua tutora, a moradora de Carlos Barbosa Lara Gabriely Silva Ribeiro.

Malibu havia sido abandonada em uma clínica veterinária de Bento Gonçalves em 2020. Seus antigos tutores teriam a levado para atendimento após ter sido atropelada, mas não voltaram para buscá-la. Lara trabalhava na clínica, se encantou pela gatinha e decidiu a adotá-la, após quase um ano de espera.

“Eu sempre descia na internação pra dar um ‘oi’ para os bichinhos e acabei conhecendo ela e a história dela. Fui fazendo as contas para ver se eu conseguiria adotar mais um gato, pois já tenho quatro em casa e os custos são muito elevados. Mas mesmo apertada, eu pensei ‘onde comem quatro, comem cinco, vamos lá’”, conta Lara.

Mesmo antes de adotá-la, a tutora já havia reparado em uma pequena ferida em seu nariz, que não cicatrizava. Passados alguns meses, a ferida começou a aumentar. Em exames, foi diagnosticada a criptococose, uma doença fúngica. Foram quatro meses de tratamento, com custo médio de R$ 400 ao mês, sem ter resultados positivos. “Então o veterinário decidiu fazer uma biópsia. Foi quando descobrimos o câncer. O fungo nada mais era do que uma ‘máscara’ escondendo o câncer, uma pequena contaminação”, recorda.

Desde então, a gatinha vem passando por tratamentos caros, incluindo as sessões de quimioterapia. Até o momento, a tutora estima que já foram gastos R$ 8 mil. “Hoje ela segue se recuperando, fez a terceira sessão de eletroquimioterapia no dia 26/05. Se alimentou por sonda durante alguns dias, mas já removemos, pois ela voltou a se alimentar sozinha”, informa. “Está muito bem comparado à recuperação das duas primeiras sessões, que foram bem difíceis, chegamos a achar que iríamos perder ela… mas ela sempre se mostra mais forte e se recupera”, complementa a tutora.

Diante dos altos custos mensais, Lara criou uma conta no Instagram (@malibucontraocancer) para a gatinha e iniciou uma campanha. Além de rifas, a comunidade pode ajudar doando qualquer valor por pix, a fim de auxiliar com o tratamento e com a alimentação da gatinha. O pix é o [email protected].

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.