Morre senhor que foi salvo por bombeiros de Bento em enchente em 2020

Seu Davino Michelon, de 92 anos, havia ficado ilhado em sua casa no interior de Roca Sales em julho de 2020, após uma das maiores cheias do Rio Taquari. Na época, resgate dele e de sua esposa Necilda comoveram o Estado

Fotos: arquivo

Morreu na quarta-feira, 13/07, o idoso que ficou conhecido em julho de 2020 após um resgate emocionante do Corpo de Bombeiros de Bento Gonçalves. Davino José Michelon, de 92 anos, havia ficado ilhado junto a sua esposa Necilda Michelon em sua residência no interior de Roca Sales, durante uma das maiores cheias do Rio Taquari.

A equipe de bombeiros, composta pelos sargentos Carvalho e Guerra e pelos soldados Barreto e Pietro, conseguiu chegar até a residência por meio de um barco, mas o resgate do casal precisou ser feito com o auxílio de um trator e de muito trabalho braçal. Na casa ainda havia a cuidadora dos idosos. Os três saíram ilesos com o esforço e a dedicação da equipe socorrista.

Na época, os profissionais receberam uma Moção de Aplauso do Poder Legislativo do município, além de terem estampado manchetes em todo o Estado. A enchente de julho de 2020 foi uma das maiores da história da região, com cheia do Rio das Antas e do Rio Taquari.

O falecimento de seu Davino foi comunicado pela neta Paula Michelon Santin, pelas redes sociais. “E assim nos despedimos hoje desse ser humano incrível que foi o melhor nono que alguém poderia ter! Vai em paz nono! Continue brilhando e cuidando de nós ali de cima!”, escreveu.

A cerimônia de despedida foi realizada no cemitério de Campinhos, interior de Roca Sales, na manhã desta quinta, 14/07.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.