Mulher é condenada por assassinato de irmão em 2011 em Bento

Viviana da Fonseca participou de agressão que levou à morte de Rudimar Rodrigues da Fonseca, após uma briga no bairro Vila Nova II, em janeiro daquele ano

Foto: arquivo/SERRANOSSA

O julgamento da terceira pessoa acusada pela morte de Rudimar Rodrigues da Fonseca, de 35 anos, em 2011 em Bento Gonçalves, foi realizado na quinta-feira, 02/06, na comarca do município. A irmã da vítima, Viviana da Fonseca, foi condenada a 15 anos e seis meses por homicídio qualificado. O assassinato foi cometido após uma briga em janeiro daquele ano, na rua Arlindo Menegotto, no bairro Vila Nova II. Em 2017, o então réu André Ritter foi inocentado da acusação de homicídio qualificado, mas condenado por lesão corporal grave, seguida de morte. Já um terceiro réu, Daniel Rodrigues da Fonseca, também irmão da vítima, faleceu durante as investigações, conforme informações da juíza Fernanda Ghiringhelli de Azevedo.

De acordo com o processo judicial, o crime teria acontecido após a passagem do ano, quando a vítima teria se envolvido em uma discussão com os familiares. Primeiramente, Daniel teria entrado em luta corporal com a vítima, seu irmão, tendo “rolado barranco abaixo”. Naquele momento, ele teria pegado um paralelepípedo e passado a desferir diversos golpes na cabeça da vítima. Em seguida, a acusada Viviana também passou a desferir pedradas na cabeça do irmão. O condenado André Ritter entrou posteriormente na briga, ferindo a vítima com socos e pontapés. Em seguida, os três fugiram do local.

Na ocasião, Viviana e André foram presos em flagrantes, sendo posteriormente decretada a prisão preventiva de André e a liberdade provisória de Viviana. Já Daniel não havia sido localizado.

Rudimar ficou gravemente ferido e foi encaminhado para o Hospital Tacchini, onde ficou internado em UTI até o dia 12 de janeiro de 2011. Ele morreu quase um ano depois, no dia 29/11, em decorrência dos ferimentos causados pelas agressões.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.