Mulher morre com suspeita de H1N1 em Bento

Uma mulher de 38 anos, cuja identidade não foi divulgada, morreu no início da manhã desta quinta-feira, dia 12, em Bento Gonçalves, com suspeita de contaminação pela Gripe A H1N1. Ela não fazia parte dos chamados grupos de risco – formados por pessoas que têm prioridade em receber a vacina na rede pública – tampouco apresentava doenças crônicas, de acordo com o setor de Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal da Saúde. Ainda não se sabe se ela recebeu ou não a vacina.

De acordo com a secretaria, a mulher foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas, devido à gravidade dos sintomas, foi encaminhada no início da manhã de quarta-feira, dia 11, para internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Tacchini, onde permaneceu internada por pouco mais de 24 horas. Após o óbito, às 7h10 desta quinta-feira, a secretaria enviou amostras do sangue da vítima ao Laboratório Central do Estado (Lacen) para análise. Os resultados devem sair dentro de cerca de 10 dias.

Foto: secretaria estadual da Saúde/Ilustrativa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.