Município sedia seminário sobre suco de uva

Como aproveitar melhor as oportunidades de mercado de um produto que só faz bem à saúde? A resposta para esta pergunta é a proposta do 1º Seminário do Suco de Uva, que será realizado na próxima terça-feira, dia 19, na sala de eventos do Centro da Indústria e Comércio (CIC) de Bento Gonçalves, junto à Fundaparque. O encontro é patrocinado pelo Sebrae e promovido pelo Ibravin e pelo Instituto Brasileiro de Frutas (Ibraf), em parceria com a Apex-Brasil. As entidades realizam o Programa de Desenvolvimento Setorial do Suco de Uva, criado em agosto de 2009.

O evento é destinado aos produtores e colaborados, além de estudantes. As inscrições custam R$ 50 e podem ser feitas pelo e-mail [email protected]. Representantes de empresas integrantes do Programa de Desenvolvimento Setorial do Suco de Uva podem se inscrever gratuitamente, independente do número de participantes. Associados de outros programas do Ibravin têm 50% de desconto.

O seminário abordará as novas tendências no mercado nacional e mundial de sucos, em palestra da Associação Brasileira de Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoolicas (Abir). “Na teoria, é fácil promover uma bebida sem álcool, pura, natural e integral, sem adição de água nem açúcar. Mas, na prática, a disputa entre os concorrentes e similares é bastante complexa”, afirma a coordenadora do Programa de Desenvolvimento Setorial do Suco de Uva, Raquel Rohden.

Ela falará sobre as ações do programa, que já conta com a adesão de 12 empresas – Casa de Madeira, Catafesta, Cooperativa Aurora, Cooperativa Aliança, Cooperativa Garibaldi, Cooperativa Monte Vêneto, Irmãos Molon, Natural Products (Suvalan), Vinícola Muraro, Vinícola Galiotto, Vinícola Menakaho e Terragnolo. Conforme Raquel Rohden, o Brasil é conhecido no mercado externo pelo suco concentrado. “O objetivo do programa é divulgar o suco de uva 100% natural, que tem maior valor agregado”, informa.

Ao lado de Estados Unidos, Canadá e Angola, os Emirados Árabes Unidos estão entre os quatro mercados-alvo para a promoção brasileira do suco de uva 100% natural no mundo em 2011. Para os próximos anos, também serão trabalhados países como Chile, Colômbia, Guatemala e Venezuela. “A diversidade de uvas existentes no Brasil, que deixa o suco mais saboroso, é um dos maiores diferenciais do nosso suco de uva”, salienta Raquel.

Programação

8h30min – Abertura

8h45min – O projeto Grape Juice of Brazil (Raquel Rohden – Coordenadora do Projeto; Stela Nery – coordenadora de Marketing de projetos – IBRAF)

9h35min – Tendências no mercado brasileiro e mundial de sucos – ABIR (Rogério Martins – diretor regional)

10h15min – Intervalo

10h30min – A comercialização de suco de uva nos Emirados Árabes: Desafios e Perspectivas (Leonardo Sauter – Cosmopolitan Trade; Felippe Tiago Fleck – Target Export; Raquel Rohden – Ibravin)

12h – Almoço

13h30min – A produção de suco de uva em panela extratora (Regina Vanderline – pesquisadora e consultora técnica – Laboratório de Referência Enológica; Sandro Valduga – produtor – Vinícola Terragnolo)

15h – Intervalo

15h15min – Como promover o suco de uva 100% (Orestes de Andrade Jr, – assessor de imprensa do Ibravin; Stela Nery – coordenadora de marketing de projetos – IBRAF)

17h – Encerramento

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.