Nova rota irá ligar cinco municípios da região por meio de seus capitéis

O projeto da ‘Rota dos Capitéis – caminhos da imigração e fé’ foi apresentado na noite de segunda-feira, 29/11. Proposta contempla 12 roteiros entre Bento, Monte Belo do Sul, Santa Tereza, Pinto Bandeira e Garibaldi, totalizando mais de 250 km

Imagem: Divulgação/Prefeitura de Bento

O projeto de mais um atrativo para a região da Serra Gaúcha foi apresentado na noite de segunda-feira, 29/11, em Bento Gonçalves. Encabeçado pela secretaria de Turismo de Bento, com apoio do CIC-BG, a proposta da ‘Rota dos Capitéis – caminhos da imigração e fé’ contempla 12 roteiros entre Bento, Monte Belo do Sul, Santa Tereza, Pinto Bandeira e Garibaldi, todos conectados pelos capitéis – pequenos oratórios feitos de madeira ou pedra – construídos pelas famílias de imigrantes. No total, são mais de 250 km voltados a passeios autoguiados de carro, de bicicleta ou a pé.

Conforme o secretário de Turismo de Bento, Rodrigo Ferri Parisotto, a ideia foi inspirada nos Caminhos de Santiago, em, Santiago de Compostela, na Espanha. Para tanto, foi pensada em uma característica em comum que conecta os cinco municípios: os capitéis e suas histórias de fé e devoção. “Quando chegaram os primeiros imigrantes, trouxeram consigo a cultura da construção de um ponto de fé e agradecimento por uma graça conquistada. Quando lemos as histórias dos capitéis, encontramos relatos desde famílias agradecendo a cura de um ente querido, pais agradecendo o casamento das filhas, até agricultores comemorando uma boa colheita”, relata. Ainda segundo o secretário, os roteiros também se conectam e se assemelham por, no passado, terem pertencido a uma mesma cidade. “Antigamente, todas essas cidades eram ou colônias ou distritos de Bento”, recorda. 

Para construção dos roteiros que integram a grande rota, o projeto se baseou nas obras “O Livro do Capitel”, do escritor Fabiano Mazzotti, e “Perto das Estrelas”, de Charles Tonet e Tânia Tonet, com trabalho de pesquisa feito pelo Circolo Trentino di Garibaldi e liderado pelas integrantes Mônica De Antoni Farias, Ângela Maria Peretti e Edi Mattuella Debenetti. Os roteiros de Bento, Monte Belo, Santa Tereza e Pinto Bandeira se basearam no trabalho de geolocalização da obra de Mazzotti. Já o roteiro de Garibaldi ainda está em construção. “O município está ativo na elaboração desse mapeamento para, então, formalizarmos esse roteiro para se integrar à macro rota”, revela Parisotto. No total, a rota deverá contar com cerca de 200 capitéis.

Secretário de Turismo de Bento, Rodrigo Ferri Parisotto, durante apresentação do projeto. Foto: Eduarda Bucco

Além de manter viva a história de cada um dos capitéis e, de forma geral, a história de fé e devoção dos imigrantes, a rota deverá servir como um incentivo à expansão do turismo na região. “Esse tipo de projeto fomenta novos empreendimentos e traz mais opções de atrações aos turistas. Mais para a frente, a rota poderá atrair pousadas, restaurantes e outros empreendimentos. Também haverá maior pressão para o desenvolvimento da infraestrutura do local, para construção de ciclovias, por exemplo”, destaca o secretário.

Agora, após a apresentação do projeto, a ideia é que cada município contrate uma empresa para roteirização do percurso. Em Bento, a elaboração da licitação para contratação já está em andamento. “O pedido já foi encaminhado para a secretaria de Finanças e está sendo avaliado junto à procuradoria para avaliar os trâmites legais. Assim que estiver tudo de acordo, irá ser lançada a licitação”, adianta. A empresa contratada será responsável por traçar as características de cada percurso – questão de altimetria e tipo de estrada, por exemplo – além de criar sinalizações para cada roteiro, com orientações para motoristas, ciclistas e pedestres, além de informações sobre a história dos capitéis.

A ideia, ainda, é que a rota contemple outros municípios da região no futuro, os quais também são marcados pela demonstração da fé em cada um de seus históricos capitéis.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.