Operação da Polícia Federal resulta em três prisões por pornografia infantil no RS

Na manhã desta quarta-feira, 27/10, foi deflagrada pela Polícia Federal a operação Adsumus, que tem como objetivo a repressão à divulgação de pornografia infantil através da internet e de redes sociais. Durante as ações, três pessoas, de 30, 34 e 51 anos, foram presas em flagrante por posse ou compartilhamento de conteúdo de pedofilia. Entre os presos estão um comerciário e um analista de marketing.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Pinhal e São Jerônimo. Os policiais apreenderam computadores, celulares e mídias para armazenamento de arquivos digitais. O material segue para perícia.  

As investigações começaram a partir de informações recebidas através do Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal.

A ação contou com o apoio do Centro de Referência em Atendimento Infanto-Juvenil do Instituto Geral de Perícias (IGP) na avaliação de possíveis menores vítimas de abuso por parte dos investigados.

Adsumus é uma palavra com origem no latim que significa “estamos presentes”. O termo vem do verbo adsum: estar presente, estar aqui ou estamos juntos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.