“Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos”, diz Bolsonaro

Após o anúncio feito pela Petrobras nesta sexta-feira, 17/06, sobre o reajuste no preço da gasolina e do diesel nas refinarias a partir deste sábado, 18/06, o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para se manifestar contrário ao posicionamento da estatal. Em uma das postagens, ele chegou a afirmar que “A Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos”, relembrando a greve dos caminhoneiros ocorrida em 2018.

Ele também acusou a estatal de buscar lucro exagerado. “O governo federal, como acionista, é contra qualquer reajuste nos combustíveis, não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais”, escreveu.


No anúncio feito na manhã desta sexta-feira, a petroleira argumentou que não aumenta os preços há 99 dias e que, a partir deste sábado, “o preço médio de venda de gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro”. De acordo com a Petrobras, o último ajuste ocorreu em 11 de março.

No caso do diesel, após 39 dias, “o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro. O último ajuste ocorreu em 10 de maio”. Os valores também já estarão nas refinarias no sábado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.