Polícia Federal apreende combustível contrabandeado na fronteira com a Argentina

Órgão ressalta que prática, além de ilegal, traz riscos à população e ao meio ambiente

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quarta-feira, 29/06, um mandado de busca e apreensão em investigação que apura o contrabando de combustíveis na fronteira oeste do Rio Grande do Sul.

Policiais federais se deslocaram até a residência do suspeito e localizaram 130 litros de gasolina acondicionada em galões plásticos. O material foi apreendido e será encaminhado à Receita Federal do Brasil.

O responsável pelo local e pelo combustível não foi localizado e será indiciado pelo crime de contrabando, com pena de 2 a 5 anos de reclusão, podendo ainda responder por crimes ambientais e crime contra a ordem econômica.

A Polícia Federal ressalta que, além da ilegalidade em comercializar combustível de origem estrangeira, “a prática implica em risco pelo armazenamento desse material, altamente inflamável, geralmente em recipientes impróprios e em zona residencial, colocando em risco a saúde e a propriedade, tanto de quem mantém, quanto de quem mora nas proximidades dos depósitos”.

A ação faz parte da Operação Controle Brasil, articulada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, integrando diversos órgãos no combate aos delitos de contrabando e descaminho de bebidas, combustível, fumo e insumos agrícolas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.