Polícia Federal prende quatro pessoas por comercialização de aves da fauna nativa no RS

A Polícia Federal flagrou na quinta-feira, 23/09, a transação de sete aves das espécies Arara Azul, Arara Canindé e Papagaio, em frente um hotel em Passo Fundo, na região norte do Rio Grande do Sul.


 

A ação teve início com o recebimento de informações pela Polícia Federal em Porto Alegre, que acionou a delegacia de Passo Fundo para diligências. Os policiais monitoraram e abordaram um veículo estacionado em frente ao hotel onde ocorreria a transação. Os animais estavam acondicionados em caixas, no porta-malas e no banco traseiro de um automóvel. Quatro pessoas que aparentemente negociavam as aves foram conduzidas à Polícia Federal após apresentarem suposta documentação de regularidade dos animais.


 

Na unidade da Polícia Federal, a documentação apresentada foi checada junto ao IBAMA, que constatou a irregularidade nos documentos, resultando na prisão em flagrante dos quatro indivíduos envolvidos na transação dos animais silvestres da Fauna Nativa Brasileira.

Os presos, três homens e uma mulher, foram indiciados por crimes contra a fauna (art. 29, §1º, inciso III, da Lei nº 9.605/98) e falsificação do selo ou sinal público (art. 296, §1º, inciso I, do Código Penal). Os animais foram encaminhados ao IBAMA, em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.