Polícia Federal promove operação para reprimir contrabando na fronteira com o Uruguai

A investigação aponta que os membros do grupo criminoso atuam na logística do transporte dos produtos ilícitos desde 2009

Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira, 05/07, a Operação Fruto Proibido para apurar a internalização de mercadorias ilícitas provenientes do Uruguai. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na cidade de Santana do Livramento (RS).

O Inquérito Policial teve início em junho de 2018, após a prisão em flagrante de um indivíduo que transportava acessórios de armas, drogas, equipamentos eletrônicos, suplementos alimentares, equipamentos médicos e roupas. A mercadoria estava em um caminhão e tinha valor estimado em R$ 1,5 milhão.

A investigação aponta que os membros do grupo criminoso atuam na logística do transporte dos produtos ilícitos desde 2009. A apuração também indica a participação de outros indivíduos especializados na internalização de mercadorias sem o devido cumprimento da legislação brasileira.

A Operação foi denominada como Fruto Proibido uma vez que foi identificado que o grupo criminoso também foi responsável pela internalização de laranjas provenientes do Uruguai, sem o cumprimento das regras sanitárias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.