Polícia identifica suspeitos de tortura e morte de cães em Farroupilha

A Delegacia de Polícia de Farroupilha identificou suspeitos da autoria do Crime de Crueldade contra animais ocorrido no dia 31/03 nas proximidades do Balneário Santa Rita em Farroupilha, onde foram localizados quatro filhotes de cachorro decaptados e uma cadela com o pescoço cortado e a boca amarrada com uma fita preta.

Na tarde de quinta-feira, 28/04, equipes da Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de investigados nos bairros Planalto e Monte Pascoal, em Farroupilha, onde foram apreendidos materiais diversos que reforçam a suspeita de autoria do crime. Também foi apreendido um veículo no interior de Flores da Cunha, possivelmente utilizado pelos suspeitos no dia do crime.

Segundo a polícia, a investigação, já em fase final, procederá minuciosa análise dos materiais apreendidos e requisitado perícias e somente depois serão realizados os indiciamentos. A polícia esclarece que a identificação dos suspeitos não será divulgada em cumprimento da lei.

Além da Polícia Civil, a investigação também contou apoio do Departamento de Proteção Animal da Prefeitura de Farroupilha.

Relembre o caso

No dia 01/04, o Departamento de Proteção de Animal da Prefeitura de Farroupilha recebeu a notícia de uma cadela abandonada nas proximidades do Balneário Santa Rita e deslocaram ao local, encontrando o animal de porte médio com a boca amarrada com uma fita e um corte no pescoço. No entorno, localizaram gotas de sangue, velas dentre outros objetos que apontavam indícios de algum ritual com animais.

Em determinado local, diante da observação de solo modificado, os agentes cavaram e encontraram quatro filhotes de cachorros decaptados, enterrados em formato de cruz, sendo que junto aos cadáveres dos animais foram encontrados papéis manuscritos com vários nomes de pessoas.

Ao tomar conhecimento dos fatos, a Delegacia de Polícia de Farroupilha iniciou as investigações, sendo realizadas diversas diligências, até se chegar aos principais suspeitos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.