Prefeitura de Santa Tereza se pronuncia sobre caso de atestados adulterados em UBS

De acordo com o Executivo, todas as medidas possíveis estão sendo tomadas e que confiam no trabalho prestado pela médica que atendeu a paciente em questão

A prefeitura de Santa Tereza emitiu uma nota de esclarecimentos no início da noite desta quarta-feira, 27/07, referente ao caso de falsificação de atestados em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade. Na sexta-feira, 22/07, o SERRANOSSA divulgou que uma médica da rede pública havia registrado Boletim de Ocorrência por, supostamente, uma paciente ter falsificado atestados médicos em seu nome.

Na nota, a prefeitura esclarece que a profissional não tem culpa alguma no caso. “Confiamos plenamente na profissional médica prejudicada, que exerce seu trabalho com seriedade e competência, e acabou sendo prejudicada injustamente por ato de terceiro. Infelizmente, a cidadã que utiliza o serviço público de saúde buscou vantagem sobre o trabalho da profissional, tendo sido, entretanto, percebida a tentativa e interrompida a tempo”, afirma.

O Executivo também destacou que não é conivente com as condutas e até não esperava que um caso desses acontecesse. “Prestaremos todo o apoio para a profissional médica e zelaremos para que tal situação não se repita, adotando todas as medidas necessárias, em todos os níveis, mantendo a credibilidade e confiança dos nossos profissionais da saúde”, conclui as explicações.

O caso

Na semana passada, a médica em questão foi procurada por representante da empresa onde a paciente trabalha/trabalhava. Na conversa, o homem apresentou os atestados médicos afirmando que haviam passado por perícia e estariam adulterados. Ele também solicitava que a médica emitisse um laudo sobre o caso para que a empregada pudesse ser demitida.

A médica afirmou no Boletim de Ocorrência que os atestados eram reais e foram entregues nas consultas, porém, na versão original, continham apenas um dia de afastamento. As versões possivelmente alteradas dos documentos atestavam dois, quatro e cinco dias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.