Presídio de Bento é inspecionado

O Presídio Estadual de Bento Gonçalves passou por inspeção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na tarde da última sexta-feira, dia 18. A visita fez parte do Mutirão Carcerário, ação que ocorre em nível nacional e tem como objetivo averiguar as condições estruturais das casas prisionais e também revisar o andamento de processos.

“A principal constatação que temos é que a capacidade de lotação está totalmente esgotada. Esta é uma questão que nos preocupa, aliada ao fato de as instalações serem antigas e terem passado por ampliações improvisadas”, destacou o representante do CNJ, Renato Magalhães Marques, depois de visitar as instalações do presídio. Na sexta-feira o prédio abrigava 298 presos, quando a capacidade é de menos de 100 vagas.

A inspeção foi acompanhada pela Juíza da Vara de Execuções Criminais de Bento Gonçalves, Fernanda Ghiringhelli de Azevedo, pelo presidente do Conselho Comunitário, José Ernesto Morgan Oro, pelo Promotor Gilson Borguedulff Medeiros e pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Possamai. Na comarca de Caxias do Sul, que congrega 11 presídios, a estimativa é a verificação de 3,2 mil processos, trabalho que será feito por três juízes designados, entre os quais a Juíza Fernanda.

Greice Scotton

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.