Profissionais do Tacchini realizam capacitação com Astrazeneca

No total, 61 profissionais participaram da capacitação, com o objetivo de ampliar os conhecimentos em pesquisas científicas

Foto: Divulgação

Nos últimos meses, 61 profissionais ligados ao Tacchini Sistema de Saúde participaram de uma capacitação e reciclagem em pesquisas científicas. O curso, promovido pela equipe da Astrazeneca, teve como objetivo ampliar os conhecimentos de todos os envolvidos, sobretudo os que trabalham diretamente com o assunto, no Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS).

Além disso, a intenção da capacitação foi despertar o interesse na realização de novas pesquisas científicas. Entre os profissionais que participaram das aulas estão enfermeiros, médicos, biomédicos, fisioterapeutas, farmacêuticos, biólogos, nutricionistas, engenheiros, biotecnologistas e gestores do Tacchini. 

Ao todo, foram 5 encontros de 2 horas cada, todos realizados remotamente com a equipe da Astrazeneca. As aulas foram divididas da seguinte forma: 

“Com o aperfeiçoamento da equipe, estamos ainda mais preparados para trazer mais estudos clínicos para a instituição e disponibilizar para comunidade medicamentos e técnicas inovadoras, algumas delas ainda não disponíveis nem comercialmente”, avalia a gerente do ITPS, Juliana Giacomazzi.

Atualmente, o ITPS possui 39 pesquisas ativas relacionadas às áreas de cardiologia, infectologia, neurologia, oncologia, fisioterapia e pediatria. O instituto também se destacou por ser a entidade com mais pesquisas científicas relacionadas à Covid-19 em todo o Rio Grande do Sul nos anos de 2020 e 2021. Ao todo, a unidade participou de 13 estudos em parceria com grandes laboratórios e hospitais do Brasil e do mundo. 

“As pesquisas científicas passaram a ganhar cada vez mais espaço na mídia desde o surgimento da Covid-19. As publicações deixaram de ser assunto exclusivo de laboratórios farmacêuticos, Centros de Pesquisa e consultórios, virando pautas de jantares entre amigos, familiares ou mesmo grupos de WhatsApp. O ITPS faz parte desse movimento e queremos cada vez mais fomentar a busca por soluções que ajudem a melhorar a saúde de todos”, completa Juliana. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.