Quadrilha que roubava Ozempic de farmácias é presa em Alvorada

A Polícia Civil ainda investiga quem seria o receptador dos remédios roubados

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Três pessoas suspeitas de roubar farmácias no Rio Grande do Sul foram presas em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na terça-feira, 04/07.

A quadrilha é suspeita de cometer pelo menos quatro crimes do tipo, sempre com a finalidade de roubar unidades do medicamento Ozempic, desenvolvido para o tratamento contra diabetes, mas que se tornou famoso, recentemente, para o emagrecimento.


Segundo a Polícia Civil, as investigações tiveram início em maio, quando a primeira farmácia foi alvo do grupo, em Alvorada, tendo as unidades do medicamento furtadas. Ainda no mesmo mês, dois suspeitos cometeram outro assalto e exigiram a entrega dos remédios. Cerca de 40 dias depois ocorreu o terceiro crime. O quarto caso ocorreu em Porto Alegre, com as mesmas características dos outros três.

A Polícia Civil conseguiu identificar os suspeitos e obteve autorização judicial para realizar as prisões.

De acordo com a polícia, os crimes cometidos em Alvorada geraram prejuízo total de R$ 15 mil. Em Porto Alegre, o valor dos medicamentos roubados chegou a R$ 17 mil. O valor médio de cada frasco de Ozempic é de R$ 1 mil.

A Polícia Civil ainda investiga quem seria o receptador dos remédios roubados.

Foram apreendidos, além da arma de fogo e munições, um roupão azul e um boné vermelho, utilizados por um dos suspeitos e captados pelas imagens de segurança.