Queda nas exportações além da média nacional tira o RS da liderança no setor

O setor moveleiro gaúcho sofreu queda nas exportações em 2015. Conforme o relatório anual divulgado pela Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), em conjunto com o Centro Gestor de Inovação (CGI Moveleiro) e a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a queda foi de 15,4% em relação ao ano anterior.  

O faturamento da indústria moveleira no Rio Grande do Sul foi de US$ 183,5 milhões com as vendas internacionais, frente a US$ 216 milhões contabilizados em 2014. Os principais destinos das exportações foram países como Reino Unido, Peru e Paraguai.

O resultado negativo tirou o estado da liderança no ranking estadual das exportações moveleiras do país, passando para o segundo lugar. À frente está Santa Catarina, que responde por 34,32% das vendas para o mercado externo, contra 30,50% dos gaúchos. 

Além do desempenho negativo, as exportações gaúchas caíram além da média nacional, de -12,7%. Especialistas do setor apontam a instabilidade político-econômica e a crise institucional pela qual passou o país em 2015 como causas da retração nos negócios internacionais. “A confiança do mercado global no Brasil, enquanto parceiro comercial, foi abalada. Esse cenário de incertezas aumenta o desafio para as indústrias moveleiras que atuam nessa modalidade de trade. É indispensável que elas sigam investindo na diferenciação e no valor agregado de seus produtos. Além disso, tecnologia e design são fundamentais para quem almeja oferecer produtos competitivos ao mercado”, avalia o presidente da Movergs, Volnei Benini.

(Foto: Jorge Bronzato Jr.)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.