RS autoriza limite de 50% para lotação de estádios

Até então, limite era de 30% da ocupação máxima dos estádios. Flexibilização foi permitida desde que seja respeitado o distanciamento mínimo interpessoal de um metro

Foto: Raquel Konrad/Arquivo pessoal

Em reunião na tarde de quarta-feira, 03/11, o Gabinete de Crise deliberou pelo aumento para até 50% do limite de ocupação de público em estádios no Rio Grande do Sul. A flexibilização atende uma demanda da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e dos clubes e, conforme o governo estadual, é mais uma mudança de protocolos possibilitada pelo avanço da vacinação no RS e pela estabilização do quadro da pandemia.

Com a nova flexibilização, passará a ser permitido a ocupação de até 50% da capacidade, com público acima de 2.500 pessoas, desde que respeitando o distanciamento mínimo interpessoal de um metro. Os demais detalhes sobre a nova regra serão discutidos com a FGF e os clubes de futebol nesta quinta, 04/11, e divulgados em novo decreto que será publicado na sexta-feira, 05/11, com validade já para esse fim de semana, dias 6 e 7/11.

Conforme o governo do Estado, segue sendo realizado um diálogo com os todos os setores, a fim de anunciar um cronograma de flexibilizações para as demais atividades. “O Rio Grande do Sul segue sempre entre os Estados que mais vacinam no país. E é esse avanço na imunização que nos dá a segurança para, gradativamente, como sempre fizemos no gerenciamento da pandemia, podermos evoluir nas flexibilizações. Já temos hoje quase 79% da população com a primeira dose e 61,5% com o esquema vacinal completo. Seguiremos o diálogo com os demais setores para, ao longo das próximas semanas, podermos anunciar liberações graduais também nos demais setores. Lembrando que todas as atividades econômicas têm hoje protocolos para poderem funcionar”, explica Ranolfo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.