Simecs faz primeira proposta de reajuste

As comissões de negociação do Simecs – Sindicato  Patronal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos reuniram-se na tarde desta segunda-feira, 13 de junho, no terceiro encontro para discussão do índice de reajuste salarial. Na oportunidade, o grupo do Simecs, liderado pelo presidente Getulio Fonseca apresentou a proposta de 7% de aumento.

O valor foi considerado baixo pelos metalúrgicos que haviam estipulado o valor em 14%. Mais uma vez, não houve nenhum avanço significativo. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Assis Melo, lamentou o resultado das negociações. “Novamente os mesmos argumentos. O índice de 7% está muito abaixo do que o trabalhador merece.”. Melo criticou ainda a postura dos patrões que não estão dispostos a discutir a grande lucratividade que obtiveram no último período.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a reivindicação é justa, já que a indústria local cresceu muito acima da média nacional, também graças ao esforço e a dedicação da mão de obra. “Agora é a hora de recompensar todo esse esforço. Por isso queremos aumento real e mais direitos. Com mais renda para os metalúrgicos, que representam mais de 25% da força de trabalho de Caxias, ganha toda a sociedade, estimula a economia, o comércio e outras indústrias,” assinalou Melo, destacando que o aumento gera mais bem estar para os trabalhadores e suas famílias e mais desenvolvimento para a cidade e região.

A data-base da Convenção Coletiva é 1º de junho e atende os municípios de Caxias do Sul, Farroupilha, Garibaldi, Flores da Cunha, São Marcos, Nova Pádua e Nova Roma do Sul, Na próxima sexta-feira, dia 17, acontece última rodada de negociações com o sindicato patronal, agendada para as 15h.

Maurício Reolon

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.