Sobre esquecer o passado

A gente não precisa esquecer o passado nem fingir que ele não existe. Sim, pessoas passaram pelas nossas vidas. Nós já falamos “te amo” para alguém, já fizemos planos e promessas. Nós já acreditamos em alguém e pensávamos poder ser aquela a pessoa da nossa vida. Negar tudo isso e morrer de ciúmes não mudará nosso passado.

Mas agora vem a parte mais importante: nós somos o presente. Se eu tanto chorei por alguém, se eu tanto acreditei e me feri, imagine só o quanto você é fundamental em minha vida. Pois por você eu decidi arriscar novamente, por você eu busquei forças em mim e com você eu descobri algo que lá atrás eu não conhecia.

A gente não precisa negar nem esconder o passado, precisamos, sim, é sermos sinceros um com o outro. Não devemos deixar aqueles erros lá atrás nos atingirem, não devemos confundir quem partiu com quem chegou.

Porque se tem algo que eu sei é que você chegou para valer. Eu não posso dizer que é para sempre, mas eu posso dizer que tenho certeza sobre você ser a melhor pessoa que a vida me mandou. E se o presente me trouxe você isso significa que eu fiz coisas boas.

As dores e promessas quebradas? Isso pertence à outra época, um tempo em que o meu sofrer talvez me preparasse para você.

Nós não somos nosso passado, mas nós podemos usar dele para prevermos nosso futuro. E o que eu sei hoje sobre meu futuro é que eu quero com todas as minhas forças que você esteja nele.
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.