Tacchini, que já teve 90% dos pacientes em UTI com a Covid-19, tem apenas seis internados em estado grave

O avanço da vacinação em Bento tem resultado em trégua na ocupação dos leitos de UTI em Bento Gonçalves em decorrência da COVID-19. Dos 31 pacientes internados em estado grave no Hospital Tacchini nesta segunda-feira, 09/08, apenas seis estão com a COVID-19 e um com a suspeita da doença. O hospital chegou a operar acima de sua capacidade e com 90% de seus pacientes com o vírus.

Os pesquisadores da  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) avaliam que a imunização tem feito a diferença para a queda dos percentuais, mas alertam que as vacinas têm capacidade limitada de bloquear a transmissão do vírus, que continua a circular de forma intensa. "As vacinas são especialmente efetivas na prevenção de casos graves", resume o estudo publicado nno mês passado, que pede a continuidade do distanciamento social, do uso de máscaras e dos cuidados com a higiene, além de reforçar que todos devem buscar a vacinação conforme o calendário de seus municípios.

O boletim da Fiocruz diz ainda que o cenário pode indicar um arrefecimento mais duradouro da pandemia nos próximos meses, mas ressalta que isso dependerá da intensificação da campanha de vacinação, da adequação das práticas de vigilância em saúde, do reforço da atenção primária e da adoção das medidas de proteção individual.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.