Tacchini recebe prêmio nacional de excelência em enfermagem

O troféu foi recebido pela diretora de divisão hospitalar do Tacchini Roberta Pozza e pela gerente de enfermagem do Tacchini Marcela Dachery no último fim de semana em Natal, Rio Grande do Norte

Foto: Divulgação

O Hospital Tacchini recebeu, na última semana, o prêmio Excelência em Saúde na categoria Enfermagem. A instituição foi indicada pelo conselho editorial do Grupo Mídia, idealizador do evento, com base em pesquisa de mercado e na apresentação de cases de sucesso. 

O evento que coroou a enfermagem do Hospital Tacchini ocorreu no último final de semana, em Natal (RN). O troféu foi recebido pela diretora de divisão hospitalar do Tacchini Sistema de Saúde, Roberta Pozza, e pela gerente de enfermagem do Tacchini, Marcela Dachery. 

Em seu discurso, a diretora destacou a flexibilização do trabalho da enfermagem do Tacchini. De acordo com ela, a característica permitiu que o Tacchini, com 40 leitos regulares de UTI, fosse capaz de manter a qualidade de atendimento para 73 pacientes críticos ao mesmo tempo durante a segunda onda da COVID-19.

“É a flexibilidade das nossas equipes que permite implementarmos novos protocolos de segurança e introduzirmos novas tecnologias. Tudo isso para que nossos profissionais dediquem menos tempo para questões burocráticas e invistam toda a atenção nas necessidades do paciente, sejam elas quais forem”, descreve dra. Roberta.

Entre as mudanças mais recentes, Marcela cita a implementação do Round Diário (espaço para troca de informações entre profissionais), do Safety Huddle, (ferramenta estratégica para segurança do paciente), e da Escala Mews (protocolo que permite identificar precocemente níveis de deterioração clínica do paciente) como avanços significativos na melhora da qualidade no tratamento dos pacientes. 

Educação no futuro

Essa cultura de evolução dos profissionais da enfermagem, que representam cerca de 800 dos 2,2 mil colaboradores do hospital, permite que o hospital siga buscando meios de qualificar o atendimento ao paciente. O projeto de implementação da residência multiprofissional e o monitoramento de pacientes ligados a aparelhos por meio de inteligência artificial são exemplos de ações que estão em fase final e devem passar a ser realidade no Tacchini dentro de alguns meses. 

“No Tacchini não trabalhamos para receber prêmios ou reconhecimentos. Nosso trabalho é voltado para salvar vidas e transformar a experiência dos nossos pacientes, independentemente da função ou da unidade de assistência do nosso sistema de saúde. Enquanto essa atividade estiver sendo realizada com excelência, teremos como consequência premiações como essas, que nos enchem o peito de orgulho por toda equipe”, finaliza a gerente de enfermagem. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.