Tocha olímpica passará pelas ruas centrais

O roteiro da tocha olímpica em Bento Gonçalves e os condutores do símbolo serão oficializados pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 somente no início do próximo ano, após a assinatura do contrato com as cidades selecionadas para o revezamento e passagem do comboio. O próprio Comitê, no entanto, já indicou uma projeção de como será a passagem da chama pela cidade.

Segundo o secretário municipal da Juventude, Esporte e Lazer, Gustavo Sperotto, o órgão sinalizou até 30 condutores na cidade, parte deles selecionados por campanhas dos patrocinadores – Coca-Cola, Nissan e Bradesco – e outra pelo Poder Público. De acordo com Sperotto, serão valorizados os bento-gonçalvenses com serviços prestados ao esporte. “Eu já conversei com o Pasin (prefeito) e com o Gilberto (secretário municipal de Turismo) sobre isso e a ideia é privilegiarmos as pessoas do município que tenham uma história no esporte, nos mais diversos setores, desde a inclusão social até esportistas jovens e outros mais velhos”, adianta. 

Cada um percorrerá 200 metros, em um trajeto que ficará entre quatro a seis quilômetros, e que deverá passar pelo Centro e Cidade Alta. A escolha por estes locais deve-se, primeiro, à facilidade de mobilizar a população, uma das exigência do Comitê. Além disso, o revezamento na cidade deve ser contínuo, o que inviabiliza a possibilidade de explorar os distritos, por exemplo. A ideia, inicialmente, é que o trajeto compreenda a Pipa Pórtico, Maria Fumaça e Via Del Vino.

A prioridade do município, neste momento, é apresentar as garantias impostas pelo Comitê Rio 2016 para a prestação dos serviços públicos necessários, como segurança, mobilidade e logística. “Precisamos nos comprometer com algumas coisas, e estamos correndo atrás disso”, ressalta Sperotto. Na última terça-feira, dia 7, os gerentes regionais do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, Emiliano Xavier e Míriam Campos, estiveram em Bento para a primeira visita técnica. Além de expor as exigências à cidade, eles também percorreram o possível trajeto da chama. A próxima visita está agendada para dezembro, quando deverá ocorrer a aprovação final do percurso, bem como a definição do número de condutores.

A data em que a tocha desembarcará em Brasília para dar início a seu trajeto pelas cerca de 500 cidades no país – 300 receberão o revezamento propriamente dito e outras 200 assistirão à passagem do comboio com a chama exposta – ainda será definida, mas o revezamento tem dia exato para terminar: 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da tocha acenderá a pira Olímpica na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã. 

 

É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA

Instagram: @serranossa

O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.