Trabalhadores metalúrgicos de Bento Gonçalves terão reajuste salarial de 12,5%

Stimmme-BG divulgou acordos com o sindicato patronal na Convenção Coletiva de Trabalho

Finalizando as negociações com os sindicatos patronais dos setores metalúrgicos, mecânico e de material elétrico, o STIMMME-BG anuncia uma série de acordos firmados nas atualizações da Convenção Coletiva de Trabalho para o período 2022/2023.

Uma das mais aguardadas, envolvendo o setor metalúrgico de Bento Gonçalves, encerrou com a conquista do índice de 12,5% no reajuste salarial – após um longo período de articulação, iniciado ainda no mês de março deste ano. “Somos conhecedores e entendedores da atipicidade do atual cenário, em que estamos recém saindo de uma fase crítica de pandemia, que prejudicou o desempenho de muitas empresas, um período de muitas incertezas e retração. Mesmo assim, atuamos fortemente para que o trabalhador tivesse seus direitos respeitados e fosse devidamente valorizado nas negociações da Convenção Coletiva”, analisa o presidente do STIMMME, Deoclides dos Santos.

O reajuste faz parte da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e será aplicado a partir do dia 1º de maio.

O documento assinado entre o SIMMME e o STIMMME ainda mantém, pisos salarias, dias 31, auxilio estudante, quinquênio de 5% entre outros benefícios. A CCT, que é também estabelecida com o Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas (SINDIMAQ), vigorará até o dia 30 de abril de 2023.

Outras cidades e categorias

Nos municípios de Nova Prata e Veranópolis, onde o STIMMME acordou a convenção com o SIMECS, o reajuste salarial para os metalúrgicos também será de 12,5%.

Já os trabalhadores nas empresas mecânicas e reparadoras veiculares das 18 cidades abrangidas pelo STIMMME, o reajuste ficou quase igual, 12,47%.

Outra frente de trabalho do STIMMME foi com a convenção envolvendo a Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos, Mecânicos, Material Elétrico, Eletrônico e Implementos Agrícolas do Estado do Rio Grande do Sul (Fetrameiag-RS) para as cidades de Nova Bassano, Nova Araçá, Paraí, Guaporé, Dois Lajeados e São Valentim do Sul com reajuste salarial conquistado também em 12,5%.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.