Turismo: pesquisa aponta perfil das pessoas que visitam Bento Gonçalves

Uma pesquisa sobre a demanda turística de Bento Gonçalves reuniu dados acerca do perfil dos visitantes. A iniciativa, desenvolvida pela secretaria Municipal de Turismo (Semtur), em parceria com a Faculdade Cenecista, por meio do curso de Turismo e do Instituto de Pesquisa, teve seus primeiros resultados apresentados nesta semana.

Entre os dados que se sobressaem aparecem casais sem filhos (44% do total), pessoas que visitam a cidade a lazer (91,81%) e carro como meio de transporte mais utilizado, com 84,58%. Na análise por roteiro ou atrativo, o Vale dos Vinhedos lidera, com 72,29%, seguido pelo passeio de Maria Fumaça, com 60,24%, vinícolas em geral, com 57,11% e Caminhos de Pedra, com 54,46% do total. Além disso, 97% dos entrevistados disseram ter a intenção de voltar à cidade um dia. Outro dado que desperta atenção é o poder do marketing “boca a boca”, afinal, 48,67% dos entrevistados revelaram que a motivação para a viagem foi a influência de amigos.

“Os dados revelados pelas pesquisas servem como indicadores que garantem a tomada de decisões para a condução das ações a serem implementadas pela secretaria de Turismo e também pelas entidades, associações e empreendedores que assim o desejarem. Esclarecerem o perfil de turistas que estamos recebendo na cidade e quais as expectativas deles. Com isso, é possível orientar possíveis ajustes e adequações nos produtos, serviços e nas ações que estão sendo realizadas”, comenta o secretário municipal de Turismo, Gilberto Durante. De acordo com Durante, havia uma carência no quesito monitoramento, confirmada por estudo anual do Ministério do Turismo que compara os principais destinos turísticos do Brasil. Pesquisas desse tipo podem ajudar a suprir essa lacuna.

A ideia é manter a análise de forma permanente, possível graças a um convênio firmado entre a prefeitura e o Cenecista. “Assim, teremos amostragens confiáveis sobre a realidade da demanda turística. Isso é muito importante, porque garante o desenvolvimento de ações consistentes para a atração de visitantes”, acredita o secretário.

A pesquisa

A análise tabulou 415 pesquisas respondidas entre os dias 15 de março e 30 de abril, em nove pontos da cidade: Centros de Atendimento ao Turista (CAT) da Pipa Pórtico e Via Del Vino, Cooperativa Vinícola Aurora, Maria Fumaça, Parque Epopeia Italiana, Vinícola Salton, Miolo Wine Group, Casa da Ovelha e Parque de Aventuras Gasper. A coordenação ficou a cargo das professoras Juliana Dartora e Talise Valduga Zanini, do secretário de Turismo, Gilberto Durante, e das turismólogas Denise Holleben e Isamara Beatriz Buhl.

Os resultados

Perfil dos visitantes
Casal sem filhos – 44%
Família – 20%
Casal com filhos – 11%
Grupo de amigos – 11%
Individual – 11%
Outros – 2%
Não responderam – 1%

Análise por sexo
Feminino – 51%
Masculino – 47%
Não responderam – 2%

Análise por faixa etária
18 a 30 anos – 111 pessoas
31 a 40 anos – 152 pessoas
41 a 50 anos – 66 pessoas
51 a 60 anos – 64 pessoas
61 anos ou mais – 21 pessoas
Não respondeu – 1 pessoa

Análise por grau de instrução
Ensino Fundamental – 8 pessoas
Ensino Médio – 95 pessoas

Ensino Superior – 219 pessoas
Pós-graduação – 90 pessoas
Não responderam – 3 pessoas

Análise por faixa salarial
Até 3 salários mínimos – 88 pessoas
De 4 a 7 salários mínimos – 175 pessoas
De 8 a 12 salários mínimos – 96 pessoas
13 salários mínimos ou mais – 50 pessoas
Não responderam – 6 pessoas

Análise por origem
Brasil – 96%
Exterior – 3%
Não responderam – 1%

Análise por origem – Exterior
Argentina – 25%
Uruguai – 17%
Austrália – 9%
Colômbia – 9%
Espanha – 8%
México – 8%
Paraguai – 8%
Suíça – 8%
Não especificado – 8%

Análise por origem – Brasil
Rio Grande do Sul – 40,05%
São Paulo – 18,39%
Santa Catarina – 11,59%
Minas Gerais – 6,3%
Paraná – 5,8%
Rio de Janeiro – 5,54%
Outros Estados – 12,33%

Meio de transporte
Carro – 84,58%
Ônibus – 8,43%
Avião – 5,3%
Outros – 1,2%
Motorhome – 0,24%
Não responderam – 0,24%

Tempo de permanência
Dia sem pernoite – 161 pessoas
Um dia – 65 pessoas
Dois dias – 78 pessoas
Três dias – 56 pessoas
Quatro ou mais dias – 54 pessoas
Não respondeu – 1 pessoa

Motivo da viagem
Lazer – 91,81%
Negócios e trabalho – 5,54%
Eventos – 1,45%
Viagem de estudo – 0,96%
Outros – 0,24%

Forma de hospedagem
Hotel ou pousada – 51%
Em trânsito – 38%
Casa de amigos ou familiares – 6%
Imóvel alugado – 1%
Camping – 1%
Outros – 1%
Não responderam – 1%

Organização da Viagem
Sites de viagens/compras – 29%
Agência de turismo – 10%
Outros – 60%
Não responderam – 1%

Obtenção de informação
Amigos – 48,67%
Redes sociais – 27,71%
Outros sites – 39,52%
TV – 7,23%
Rádio – 2,17%

Análise por Roteiro/Atrativo
Vale dos Vinhedos – 72,29%
Maria Fumaça – 60,24%
Vinícolas – 57,11%
Caminhos de Pedra – 54,46%
Vale das Antas – 20%
Cantinas Históricas – 16,87%
Encantos de Eulália – 8,67%
Outros – 14,22%

Gasto Médio Diário (individual)
Até R$ 300 – 55%
De R$ 300,01 a R$ 600 – 30%
De R$ 600,01 a R$ 900 – 7%
Acima de R$ 900 – 7%
Não responderam – 1%

Pretendem retornar
Sim – 97%
Não – 2%
Não responderam – 1%

Foto: Carina Furlanetto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.