Ultimato para motoboys

Quem trabalha com entrega de mercadorias em motocicletas, conhecidos como motofretistas ou, popularmente, motoboys/motogirls, deve ficar atento ao calendário. A partir do próximo dia 18 de junho (sábado) inicia a obrigatoriedade de comprovação da participação destes profissionais no curso de especialização promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Quem já participou das aulas e optou por não inserir a informação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) deve lembrar de levar consigo o certificado original. Quem ainda não se inscreveu, deve procurar o Sest/Senat.

Em Bento Gonçalves e Caxias do Sul, os cursos são ministrados pelo Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat). Em ambos os municípios, há previsão de abertura de novos grupos: em Bento o início das aulas dependerá da procura, enquanto que em Caxias um novo grupo deve iniciar no dia 20 de junho. O curso tem duração de 30 horas/aula nas quais são abordados conceitos teóricos e práticos. O investimento é de R$ 140. “Além de aprender técnicas práticas muito importantes para a segurança e para o dia a dia, o motofretista passa a se ver como um profissional, o que fortalece sua autoestima”, conta Graziele Piccoli, coordenadora de Desenvolvimento Profissional do Sest/Senat Bento Gonçalves.

Em Bento Gonçalves, cerca de 33% do total de motoboys estimados participaram do curso. Três turmas já foram formadas, totalizando 52 alunos. Segundo o Detran, existem 154 motocicletas e motonetas cadastradas como veículos de aluguel, o que faz com que haja, no mínimo, 154 motoboys na cidade. Em Caxias do Sul foram 12 turmas, em um total de 130 motoboys, equivalente a 22% do total estimado de 581 motofretistas do município.

 Resistência

Quando algo é imposto a alguém, a resistência inicial é considerada normal. Com a imposição do curso aos motoboys não foi diferente. “Eles chegam meio desconfiados e resistentes. Mas deixamos claro que não estamos aqui para ensinar ninguém a andar de moto, afinal, eles já provaram estar aptos a pilotar no Centro de Formação de Condutores”, conta o instrutor da unidade de Bento Gonçalves do Sest/Senat, Antônio Marcos de Campos Morel. Ele explica que cativa os participantes do curso convencendo-os, na teoria e na prática, que existem técnicas específicas que podem garantir mais segurança. “Ensinamos desde noções de relacionamento interpessoal até legislação de trânsito, passando por pilotagem defensiva, manutenção da moto, cuidados no transporte das mercadorias e atendimento ao cliente. São vários conceitos úteis e práticos que deixam os alunos surpresos, muitas vezes”, garante.

Punição

O curso foi previsto pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e é obrigatório para os profissionais em transporte de passageiro (mototaxista) e em entrega de mercadorias (motofretista), que exerçam atividades remuneradas na condução de motocicletas e motonetas. Quem for flagrado a partir do dia 18 de junho e não comprovar participação será autuado em flagrante. A infração é considerada grave, com perda de cinco pontos na CNH, além de multa de R$ 127,69 e apreensão do veículo.

Para ser aprovado no curso, o condutor enfrenta duas provas, uma teórica e a outra prática. Se aprovado, pode levar o certificado original até um Centro de Formação de Condutores e solicitar que apareça no campo das observações da Carteira Nacional de Habilitação a participação no curso. A expedição de uma nova via do documento custa R$ 34,59. Quem optar por inserir a observação somente na próxima renovação da CNH pode comprovar a participação através da apresentação do certificado original em caso de fiscalização.

Para mais informações sobre o curso

Sest/Senat – Unidade Bento Gonçalves: (54) 3055 0400

Sest/Senat – Unidade Caxias do Sul: (54) 3217 3033

 

Você confere mais detalhes na edição impressa ou virtual do SerraNossa desta desta sexta-feira, dia 10.

 

Greice Scotton

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.