Vai para a beira da praia? Confira sugestões de lanches rápidos e fáceis

Chef e docente do Senac Bento Gonçalves, Gabriel Maschio, preparou algumas dicas básicas de alimentos fáceis e baratos para comer na beira da praia

Foto: Divulgação

Durante o veraneio no litoral gaúcho, quem nunca sentiu aquela fome na beira da praia? Quando isso acontece, muitas pessoas acabam optando por alimentos gordurosos ou até mesmo caros. Por isso, com a chegada das altas temperaturas, o chef e docente do Senac Bento Gonçalves, Gabriel Maschio, preparou algumas dicas básicas de alimentos fáceis e baratos para comer na beira da praia. Confira:

Mix de castanha: pode combinar diversos tipos de oleaginosas (castanha-do-Pará, nozes pecan, castanha de caju, amêndoas, amendoim), usando diversificado ou apenas um tipo delas. Toste-as no forno a 180º C por 10 minutos para que mantenham a crocância. Misture uvas-passas e ameixas picadas ao final. Deixe esfriar e armazenar em um vidro bem fechado. Também pode ser feita a versão salgada retirando a uva-passa e as ameixas e temperando as oleaginosas com sal, pimenta e páprica defumada.

Wraps de peito de peru: wrap é um prato de origem sírio-libanesa e consiste em um pão de massa fina assado em chapa que não cresce (não leva fermento em sua massa). Pode ser recheado com diversos itens. É fácil encontrar esse tipo de pão pronto nos supermercados, portanto, use a criatividade: passe uma camada fina de maionese ou manteiga e disponha queijo, peito de peru, cenoura ralada, tomate cortado em cubinhos e alface. Enrole e embrulhe em papel laminado. Pode usar carne moída cozida e temperada, peito de frango cozido e temperado, legumes, hortaliças do seu gosto e também diversos tipos de molho. Importante: leve em uma sacola com gelo ou recipiente térmico para não estragar na beira da praia.

Salada de frutas em vidrinhos: pique diversas frutas, de cores diferentes e coloque em vidros bem limpos. Caso use a uva, não pique e adicione inteira. Faça um suco de laranjas, coe e adicione uma colher de vinagre de álcool ou suco de limão: isso faz com que dure mais tempo. Adoce o suco se preferir. Disponha o suco nos vidros e não encha totalmente. Colocar alguns cubos de gelo para manter gelado. Fechar os vidros e manter na bolsa térmica com gelo até o consumo.

Biscoitos de amendoim: triture, em um processador ou liquidificador, 500g de amendoim cru e com casca até que fique fino (não deverá virar uma pasta). Retire do processador e coloque em uma tigela grande. No amendoim triturado, junte 2 ovos batidos ligeiramente, 2 xícaras de açúcar refinado, 2 colheres de sopa rasa de farinha e 15g de fermento químico em pó. Misture bem com as mãos até formar uma massa um pouco grudenta. Enrole bolinhas pequenas de massa (10g) e distribua em uma assadeira forrada com papel manteiga. Deixe um espaço de 3 dedos entre cada bolinha, pois elas achatam. Assar por 10 a 13 minutos em forno pré-aquecido a 200ºC. Deixe esfriar bem e guarde em recipiente hermético.

Além do preparo, é preciso estar sempre atento à conservação dos alimentos. Alguns lanches, assim como seus ingredientes, precisam ser armazenados em locais de baixas temperaturas, como coolers ou isopores. Boa praia!

O Senac Bento Gonçalves está com matrículas abertas para diversos cursos de Gastronomia. Mais informações pelo Whatsapp 54 9-9647-1436. A escola fica localizada na rua Saldanha Marinho, 820 – Centro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.