Vamos falar sobre saúde e educação?

Saúde e Educação. Temas tão importantes no contexto atual, que têm sido os pilares da minha vida profissional. A vida é repleta de inúmeras realizações, principalmente quando fazemos o que amamos. E hoje mais um sonho que se torna realidade: poderei levar minhas experiências e conhecimento a milhares de pessoas por meio da coluna “Saúde e Educação”, que estreia nesta edição do Jornal Serranossa, meio de comunicação respeitado e que leva informação à população de Bento Gonçalves. 

Sou o Professor Pedro Della Côrte, natural de Rio Pardo e bento-gonçalvense de coração, pois há 12 anos escolhi e fui escolhido por esta cidade maravilhosa para viver e constituir minha família. Atuo como Professor Universitário há mais de 15 anos, trabalhando minha vida inteira com saúde e educação, tendo participado na formação de milhares de jovens que me enchem de orgulho pelos profissionais que se tornaram. Sou Biólogo, formado pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA- em 2004, onde em 2007 também conclui o Mestrado Acadêmico em Genética e Toxicologia Aplicada. Como nunca consegui deixar de estudar e me aperfeiçoar, busquei uma segunda graduação, pela qual também com muito orgulho me tornei Biomédico.

Diante de tantas vivências, eu e uma colega resolvemos criar o Instituto IDEVI, voltado ao aperfeiçoamento com cursos na área da saúde, e nos últimos anos também estamos à frente da Clínica Levestar, que promove saúde e qualidade de vida à nossa comunidade. 

Muitas foram as experiências que me trouxeram até aqui para que hoje mais este sonho se realizasse. Esta coluna será a oportunidade de informar, dar a minha visão e opinião sobre temas tão importantes, como Saúde e Educação. Não é à toa que o maior medo das forças que regem uma comunidade é o CONHECIMENTO.  É o conhecimento que nos liberta e mostra o caminho da verdadeira luz. E assim tentarei levar aos leitores e amigos a importância de sermos um povo culto, pois somente através da educação teremos a verdadeira mudança.

Para encerrar este primeiro episódio deste caminho que se inicia, gostaria de citar uma parte da letra do Hino Rio-Grandense, escrito por Francisco Pinto da Fontoura, frase esta que sempre nos enche de orgulho quando nós, gaúchos, a pronunciamos: “Povo que não tem virtude acaba por ser escravo”. Agradeço a minha família, sempre tão perto me apoiando nas minhas ações, meus amores Deise, Vitor e Lorenzo, e um agradecimento especial ao Jornal Serranossa pela confiança e apoio neste novo projeto.

Apoio:

 
 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.