Vinho: qual a melhor pedida para o inverno?

O vinho pode ser degustado em qualquer estação, mas é no inverno que os hábitos mudam para se adaptarem às temperaturas mais baixas, também impactando no tipo escolhido para harmonizar com o clima. Com a chegada do frio, nada melhor que aprender a combinar o tipo de vinho ideal para os pratos mais tradicionais da estação.

SUGESTÕES DO CHEF
De acordo com o chef e docente do Senac Bento Gonçalves Luan Damiano, as melhores pedidas para o inverno são os vinhos que esquentam o corpo enquanto são tomados. “Algumas uvas não têm erro quando falamos em harmonização com pratos de inverno, sendo elas: merlot, cabernet sauvignon, malbec, tannat, cabernet franc e teroldego”, indica.


Na comida, quanto maior for a quantidade de gordura, mais acidez e mais corpo o vinho tem que ter para harmonizar. Analisa-se, também, o modo de preparo e características de sabores dos principais elementos do prato. “Minha sugestão de harmonização fica para um vinho tinto da marca Tenuta Foppa e Ambrosi, que é o Taglio Nero composto por um blend das uvas merlot, tannat e ancelotta, que harmonizam bem com uma grande variedade de pratos”, destaca.

PRATO PARA HARMONIZAR
Devido ao custo da carne bovina, uma boa opção é utilizar partes do dianteiro: paleta, peito, agulha, e cozinhar elas com alho, cebola, vinho tinto e finalizar com salsinha e cebolinha. “Esse prato é conhecido como braseado e demora, em média, umas três horas para ficar pronto em fogo médio. O preparo pode ser acompanhado de pães, massas com molho ou arroz”, comenta. Outra opção é utilizar a carne suína nos preparos de assados na churrasqueira ou bifes de file suíno e lombo.
Quer aprender mais sobre o mundo dos vinhos? Saiba mais sobre o curso de Sommelier do Senac Bento Gonçalves, pelo Whatsapp (54) 99647 1436. A escola conta com um laboratório exclusivo e moderno para o curso de Sommelier na nova estrutura, localizada na rua Silva Paes, 415, bairro Cidade Alta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.