Você sofre com déficit de atenção?

No nosso cotidiano é comum ouvir pessoas falando que sofrem com falta de atenção e concentração, hiperatividade. Estes problemas afetam muitas crianças, adolescentes e adultos, que acabam sofrendo ao longo de muito tempo na busca por uma solução. Isso pode acarretar dificuldades na aprendizagem, como é o caso do estudante João. Ele tem 10 anos, estuda no turno da tarde e foi diagnosticado com déficit de atenção. Mesmo depois de tratamento especializado com medicamentos, a família percebeu que o problema até tinha apresentado melhora, mas persistia.

Os pais já estavam muito preocupados porque João não conseguia se concentrar nas aulas, tinha dificuldades de aprender, muito em razão da sua agitação e ansiedade, o que resultava em notas baixas, “mesmo quando estudava muito”, revela a mãe, Claudia.

Após várias tentativas sem sucesso, Claudia viu na internet outra possibilidade de tratamento alternativo para seu filho: a Hipnose Condicionativa.

Ela revela que quando leu uma matéria sobre a Hipnose Condicionativa se questionou se a terapia seria tudo isso, mas, ao mesmo tempo, decidiu que valeria a pena tentar e agendou a primeira conversa com a hipnoterapeuta Adriele Sopelsa para explicar a situação de seu filho. Após o primeiro contato, ela ficou motivada e convicta de que o tratamento ajudaria a resolver aquilo que mais lhe afligia.

A mãe relembra que, à medida que João foi fazendo as sessões de Hipnose Condicionativa, ele ia ficando mais calmo, sem aquela agitação que geralmente o impedia de ficar parado para estudar, quando era necessário.

A professora também foi percebendo que ele começou a ficar atento quando ela ensinava, diferente do que ocorria antes das sessões. Além disso, ele começou a se dedicar mais nos estudos em casa, contando com o incentivo da mãe. “Isso resultou em melhores notas nas provas, eliminando minha aflição com meu filho. Eu me sinto imensamente grata à Adriele, por este tratamento que mudou radicalmente a vida de meu filho”, avalia Cláudia.

A hipnoterapeuta Adriele Sopelsa, de Garibaldi, explica que o déficit de atenção surge devido a traumas emocionais que ocorreram em algum momento da vida da pessoa, seja na concepção, gestação, nascimento, infância, adolescência ou vida adulta. Estes traumas emocionais estão na mente da pessoa e, mesmo que ela tente ou queira mudar por decisão própria, não é possível, pois o que está na nossa mente irá determinar os nossos comportamentos/sentimentos e consequentemente nossas vidas. “Através da Hipnose Condicionativa, trabalhamos estes traumas emocionais, sem sofrimento e recondicionamos, como neste caso, para que tenha mais vontade de estudar, se dedique aos estudos, tenha atenção e concentração na sala de aula/estudos e tenha ótimos resultados nas provas”, salienta Adriele.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.