Will Smith se manifesta pela primeira vez após “tapa” em humorista durante o Oscar 2022

Em um vídeo de mais de cinco minutos, o ator comenta seu comportamento e a tentativa de contato com o humorista Chris Rock

Mais de quatro meses após a 94ª cerimônia do principal prêmio do cinema mundial, o Oscar 2022, o cantor Will Smith, que ganhou o prêmio de Melhor Ator pelo filme “King Richard – Criando Campeãs”, se manifestou pela primeira vez após a premiação. Contudo, o ator não falou sobre sua vitória, a primeira da carreira, mas sim, sobre um ato que viralizou e trouxe a maior confusão.

Com o título de “It’s been a minute” (“Passou um minuto”, em tradução livre), ele publicou um vídeo em seu canal do YouTube em que fala abertamente, pela primeira vez, sobre o episódio de agressão contra o humorista Chris Rock, que aconteceu ao vivo, na frente de todo presentes no Dolby Theatre e do público de casa.

Ao longo dos mais de cinco minutos, Smith revelou que tentou contato com o humorista logo após o “tapa”, mas que, há quatro meses, o humorista ainda não estava pronto para conversar sobre a situação. “Estava tudo confuso naquele momento. Entrei em contato com Chris e a mensagem que voltou é que ele não está pronto para falar”, revelou. Smith também afirmou que não recebeu encorajamento da esposa Jada Pinkett-Smith para agredir Rock, mesmo o motivo do tapa ser uma piada depreciativa sobre sua cabeça sem cabelos.

Ainda no vídeo, o ator pediu desculpas à mãe e a toda a família de Chris. “Quero falar para você, Chris, eu te peço desculpas. Meu comportamento foi inaceitável e eu estou aqui para conversar quando você estiver pronto”. Por ter roubado a atenção dos presentes e do público de casa, Smith ainda se desculpou com os demais indicados da noite. “Sei que foi confuso, sei que foi chocante, mas eu prometo que estou profundamente dedicado e comprometido em colocar luz, amor e alegria no mundo”, reafirmou. “Se você aguentar um pouco, eu prometo que nós vamos ser amigos outra vez”, finalizou.

Confira o vídeo completo:

O tapa

Enquanto apresentava a categoria de Melhor Documentário, o humorista Chris Rock usou Jada Pinkett Smith, esposa de Will, como alvo de uma piada feita sobre o cabelo da atriz, que está em um tratamento de alopecia, uma doença autoimune que, entre seus efeitos, provoca problemas de calvície.

Em reação a piada e, afirmando estar defendendo sua esposa, Smith deu um tapa na cara do comediante. Como punição, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu bani-lo da cerimônia por 10 anos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.